Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

São João confirma mortes por covid de 13 pacientes que já tinham tomado a vacina - 92FM São João

Fale conosco via Whatsapp: +55 19 99823 3516

No comando: Fique por Dentro

Das às

No comando: Conta Tudo

Das às

No comando: No Break 92

Das 00:00 às 02:00

No comando: Rodeio 92

Das 05:00 às 07:00

No comando: Momento Agro

Das 06:25 às 06:25

No comando: Jornal da 92

Das 07:15 às 08:00

No comando: Bom Astral

Das 08:55 às 08:55

No comando: Drops do Pet

Das 10:15 às 10:15

No comando: Aninha na Cozinha

Das 10:18 às 10:18

No comando: Na Estica

Das 10:20 às 10:20

No comando: Drop dos Artistas

Das 10:35 às 10:35

No comando: A Hora do Peão

Das 11:00 às 13:00

No comando: Torcida Brasil

Das 11:25 às 11:25

No comando: Mais Mais Brasil

Das 13:00 às 14:00

No comando: Top Design Home

Das 13:55 às 13:55

No comando: FDS Deixa Rolar

Das 14:00 às 15:00

No comando: Bem Viver

Das 14:45 às 14:45

No comando: Link UpGrade

Das 16:15 às 16:15

No comando: Top Tunes

Das 17:00 às 18:00

No comando: Automotors

Das 17:35 às 17:35

No comando: #Fica a Dica

Das 17:40 às 17:40

No comando: Milk Shake

Das 18:00 às 19:00

No comando: A Hora do Mução

Das 18:00 às 19:00

No comando: Time Machine

Das 19:00 às 20:00

No comando: Arquivo 92

Das 19:00 às 20:00

No comando: Os Moluscos

Das 21:55 às 21:55

No comando: Slow Motion

Das 22:00 às 24:00

No comando: Up Grade

Das 23:00 às 01:00

São João confirma mortes por covid de 13 pacientes que já tinham tomado a vacina

O Departamento de Saúde de São João da Boa Vista (SP) confirmou que 11 pessoas tomaram a 1ª dose da vacina contra a covid-19 e, mesmo assim, morreram por conta da doença. Ainda segundo o Departamento, dois pacientes que receberam a 2ª dose não resistiram às complicações da covid.

A Assessora Técnica do Departamento de Saúde, Ludmila Barros Zan, explica que essas mortes foram registradas porque os pacientes contraíram o vírus em um período em que a vacina ainda não tinha produzido efeito.

“Nós analisamos, também, as datas. Então esses dois óbitos que ocorreram, mesmo com duas doses de vacina, eles aconteceram antes do prazo da vacina se tornar efetiva na sua proteção total. Um deles os sintomas começaram um dia depois da segunda dose e o outro caso foi em torno de 10 dias depois da segunda dose. E a gente sabe que o prazo para que a pessoa seja imunizada na sua totalidade é um prazo maior que 15 dias, até 21 dias a gente espera uma segurança maior” explicou.

Ludmila reforça que as vacinas são eficazes, mas é necessário aguardar o tempo para que elas tenham efeito. Por essa razão, é fundamental que os protocolos de higiene sejam mantidos, mesmo após o recebimento de alguma dose dos imunizantes. e quem tomou a primeira dose precisa ter, ainda, um outro cuidado: tomar a segunda dose.

Em São João da Boa Vista, 489 pessoas não foram aos postos de saúde na data prevista para receber o reforço. Ludmila pede que a população preste bastante atenção nos prazos.

“Tem que ter atenção, porque uma dose só não protege na sua efetividade total. Se perder muito o prazo (de tomar a 2ª dose) do que é esperado em estudo, a gente não sabe como que é essa reação e como vai ficar a proteção”, salientou.

Mesmo com atraso, a recomendação é que os pacientes procurem as Unidades de Saúde para receberem a 2ª dose. Ludmila explica que os esquemas de vacinação em geral têm de ser completados a qualquer tempo. Com a imunização da covid o raciocínio é o mesmo.

“A gente entende que é melhor a pessoa tomar a 2ª dose atrasa do que ela não tomar. Então essas pessoas que ainda não tomaram a 2ª dose e que já passou do prazo, não devem desistir”, afirmou.

Segundo dados do vacinômetro divulgado na segunda-feira (26), São João da Boa Vista aplicou a 1ª dose em 20,41% da população e a 2ª dose em 12,68%.

Deixe seu comentário:

Curta e Siga a 92FM

Podcasts da 92FM

Promoção 40 anos