Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

CASOS DE DENGUE DISPARAM EM VARGEM GRANDE DO SUL - 92FM São João

Fale conosco via Whatsapp: +55 19 99823 3516

No comando: NO BREAK

Das 00:00 às 02:00

No comando: NO BREAK

Das 01:00 às 03:00

No comando: NO BREAK

Das 01:00 às 03:00

No comando: RODEIO 92

Das 05:00 às 07:00

No comando: RODEIO 92

Das 05:00 às 09:00

No comando: JORNAL DA 92

Das 07:15 às 08:00

No comando: A HORA DO PEÃO

Das 11:00 às 13:00

No comando: FDS DEIXA ROLAR

Das 13:00 às 14:00

No comando: ARQUIVO 92

Das 13:00 às 14:00

No comando: TOP 20 USA

Das 13:00 às 15:00

No comando: NO BREAK

Das 14:00 às 16:00

No comando: TOP TUNES

Das 17:00 às 18:00

No comando: MILK SHAKE

Das 18:00 às 19:00

No comando: #FICA A DICA

Das 18:00 às 19:00

No comando: A HORA DO MUÇÃO

Das 18:00 às 19:00

No comando: TIME MACHINE

Das 19:00 às 20:00

No comando: ARQUIVO 92

Das 19:00 às 20:00

No comando: BANANA SHOW

Das 20:00 às 21:00

No comando: NO BREAK

Das 21:00 às 23:00

No comando: 92 A 2

Das 22:00 às 00:00

No comando: UPGRADE

Das 23:00 às 01:00

CASOS DE DENGUE DISPARAM EM VARGEM GRANDE DO SUL

Os casos de dengue dispararam em Vargem Grande do Sul e a cidade já tem mais registros em 2024 do que no ano passado inteiro.

Segundo dados da Secretaria de Saúde, só neste início de ano, foram registados 267 casos, com 538 notificações e nenhum óbito. Durante o ano de 2023, foram 265 casos e 536 notificações, sem registro de mortes.

De acordo com o departamento, todos os casos são autóctones, ou seja, os pacientes contraíram a doença dentro de Vargem Grande do Sul. Os bairros com a maior incidência de casos positivos são: Jardim São José, Jardim Santa Marta, Cohab I, Jardim Primavera e Vila Santa Terezinha.

 

NEBULIZAÇÃO

Por conta dos números alarmantes, o Departamento de Saúde de Vargem iniciou na quarta-feira (07) a nebulização nos bairros. Durante o dia, a ação é feita dentro das casas, com os agentes visitando cada imóvel. Já durante a noite, é feita a nebulização nas ruas.

Durante a ação, a orientação do departamento é abrir todas as portas e janelas para facilitar a entrada do produto e eliminar os mosquitos. Também é necessário guardar em lugar fechado ou manter cobertos alimentos, água e utensílios de cozinha, roupas limpas, bebedouros de animais e gaiolas de passarinhos.

Outra orientação é retirar ou manter levantadas as roupas de cama e toalhas de mesa. Durante a aplicação do inseticida, os moradores devem permanecer na calçada com as crianças e os animais domésticos, só retornando 30 minutos após o término da aplicação do inseticida.

Pessoas doentes ou acamadas deverão ser mantidas no quarto, com as portas e janelas fechadas, permanecendo até 30 minutos depois do final da aplicação. Vale destacar que a nebulização só combate o Aedes Aegypti na fase adulta. Dessa forma, é fundamental eliminar todos os criadouros do mosquito, para evitar sua proliferação.

 

LIMPEZA DE TERRENOS E VISTORIAS

Além da nebulização, a Prefeitura tem notificado proprietários de terrenos para que sejam feitas as limpezas. As notificações são realizadas através do Diário Oficial do município e estão sendo publicadas na página da Prefeitura no Facebook. Dessa forma os proprietários de terrenos devem acompanhar as publicações.

Agentes também têm feito vistorias nas residências para eliminar os criadouros do mosquito Aedes Aegypti, que também transmite a Zika e a Chikungunya. Materiais com orientações sobre a doença também estão sendo divulgados nas redes sociais.

 

DADOS NACIONAIS E ESTADUAIS

A dengue tem sido preocupação em várias partes do Brasil. Acre, Goiás, Minas Gerais e o Distrito Federal já decretaram situação de emergência.

No país, foram registrados 392.724 casos prováveis neste ano: aumento de mais de 291% na comparação com as primeiras 5 semanas de 2023.

São Paulo é o segundo estado do país com mais registros: são mais de 61.000 casos, com 6 mortes. Os números foram divulgados pelo Ministério da Saúde na quarta-feira (07).

O Governo do Estado de São Paulo liberou R$ 200 milhões aos municípios para o combate à doença e criou um Centro de Operação de Emergência.

 

SINTOMAS  

Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias. Perda de peso, náuseas e vômitos também são comuns. Confira outros sintomas:

  • dor no corpo e articulações
  • dor atrás dos olhos
  • mal-estar
  • falta de apetite
  • dor de cabeça
  • manchas vermelhas no corpo

 

ORIENTAÇÕES

Para combater os criadouros, é importante manter a caixa d’água fechada, colocar areia nos pratos que apoiam as plantas, manter as calhas limpas, deixar as tampas das latas de lixo fechadas, manter as vasilhas de água dos animais sempre limpas e guardar garrafas e pneus em locais cobertos.

 

Reportagem publicada em: 08/02/2024

Deixe seu comentário:

Curta e Siga a 92FM

Podcasts

BAIXE NOSSO APP

TÁ ROLANDO